Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

Litoral terá policiais à paisana na praia

A partir de hoje, agentes disfarçados tentarão evitar roubos e furtos no Guarujá; na costa norte, será distribuída cartilha contra pedofilia

Camilla Haddad, O Estado de S.Paulo

27 Dezembro 2010 | 00h00

Durante a Operação Verão, que começa hoje no litoral de São Paulo, a Polícia Civil do Guarujá vai usar um novo método para combater crimes. Investigadores e escrivães à paisana vão fazer o policiamento preventivo na faixa de areia. A intenção é evitar os furtos e roubos a banhistas. Essa mesma tática também será seguida pela Polícia Militar.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, até o dia 31 de janeiro 15 cidades do litoral norte e sul vão contar com o reforço de 5,1 mil policiais civis e militares. Além desse efetivo, as praias serão monitoradas por sete helicópteros Águia da PM. Batalhões considerados de elite serão deslocados para as praias, como a Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota), o Canil e o Regimento de Cavalaria.

No Guarujá, está previsto para chegar à cidade um efetivo de pelo menos cem policiais civis. A prefeitura também ofereceu guardas civis para fazerem hora extra e auxiliar no patrulhamento das praias. Toda a movimentação de turistas será filmada. A cidade é vigiada por 33 câmeras. Os equipamentos estão instalados principalmente na orla das Praias de Pitangueiras e Enseada, onde ocorre maior concentração de banhistas. Em 2011, a administração municipal pretende instalar mais 22 equipamentos.

Em Santos, o jardim da orla terá reforço na segurança com guardas municipais, que vão se revezar em oito quadriciclos. Como complemento, 185 guardiães cidadãos foram treinados para orientar a população sobre horários adequados para a prática de esportes, crianças perdidas e informações sobre o uso de som alto em veículos. A cidade deve receber mais dez policiais civis, entre investigadores e escrivães, e 200 homens da PM - cadetes da Academia do Barro Branco, além de soldados e cabos.

Litoral norte. Uma cartilha sobre pedofilia, violência doméstica e exploração sexual será distribuída pela Polícia Civil no litoral norte paulista a partir de hoje. A medida também faz parte da Operação Verão. O material foi feito por meio de uma parceria entre o governo do Estado, a Polícia Civil, uma empresa e um clube de São José dos Campos.

Já no litoral sul, a PM vai montar a Operação Visibilidade no Ano Novo, na qual viaturas ficarão estacionadas em pontos estratégicos nas rodovias e acessos às cidades. Outras medidas são a Operação Direção Segura, para combater o alcoolismo no trânsito, e a Operação Dominó, que inclui a fiscalização de irregularidades de trânsito.

Dados da Secretaria da Segurança Pública mostram que no Guarujá os números de roubo aumentaram de 1.813 em 2009 para 2.057 neste ano. O período analisado foi de 1.º de janeiro a 30 de setembro. Outras cidades, como Santos e Praia Grande, apresentaram queda nos dados.

Cuidados. O reforço no policiamento não significa, no entanto, que os banhistas devam se descuidar. O capitão Emerson Massera, porta-voz da PM, diz que as pessoas devem tomar cuidados na praia. "Leve somente o essencial. Relógios, joias e outros objetos de valor podem ser deixados em local seguro", explica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.