Litoral: gerente morto ao tentar fugir de trânsito

O gerente comercial Umberto Santini, de 44 anos, foi morto na madrugada de ontem na Praia Grande, na Baixada Santista, quando retornava para a capital após o feriado prolongado. Ele estava com a mulher e o filho de 15 anos no carro, parado no trânsito da Avenida Julio Prestes, quando foi abordado por um assaltante. A família escolheu a via para escapar do congestionamento da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega.

Rejane Lima, O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2010 | 00h00

De acordo com a Delegacia Sede da Praia Grande, Santini se assustou com o ladrão e foi atingido no tórax por uma arma de fogo. Outros motoristas o levaram até o Pronto Socorro do Jardim Quietude, mas ele morreu antes de chegar no hospital. O assaltante fugiu após atirar. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o crime, mas até ontem à tarde ninguém havia sido preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.