Lista de sobreviventes sofre oito baixas em três anos

Foram registradas as mortes de 8 ex-combatentes de 32, todos com mais de um século de vida

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

09 Julho 2016 | 01h30

SOROCABA - Nos últimos três anos, foram registradas as mortes de oito ex-combatentes de 32, no Estado de São Paulo, todos com mais de um século de vida. O ex-constitucionalista Romeu Gomes de Oliveira morreu no dia 7 de junho último, em Piracicaba, deixando filhos, netos e bisnetos. Aos 17 anos, ele fez parte do grupo de mais de 600 voluntários que deixaram a cidade para lutar contra as tropas de Getúlio Vargas. A filha Roselis Gomes da Silva conta que o pai era homenageado todo ano por sua luta em 32.

O ex-combatente José Sampaio Pereira Mendes, o 'Seu Zito' morreu no dia 31 de maio último, em Itu. Seu corpo foi sepultado no Cemitério Municipal. “Quiseram levar o corpo para um mausoléu em São Paulo, mas ele tinha pedido para ser sepultado junto com a esposa”, conta Gilmara Rosa das Neves, que foi sua cuidadora durante 23 anos. Jacareí também perdeu seu último ex-combatente com a morte do major PM Sérgio Justino Ferreira, em 2013. Ele participou de algumas das mais sangrentas batalhas contra as forças getulistas no Vale do Paraíba.

José Thochi faleceu em 2013, com 101 anos e, embora fosse de José Bonifácio, no interior, pediu para ser sepultado em Vicente de Carvalho, no Guarujá, como contou a filha Eliete Thochi Rossi. “Quando chegava 9 de julho, nós o levávamos nas solenidades e ele, de terno, ficava todo garboso.” Há dois anos, Mirassol perdeu o ex-combatente Onofre Américo Gonçalves. “Com mais de 100 anos, ele estava lúcido, falava com bastante propriedade sobre os fatos acontecidos na Revolução, mas tinha ponte de safena e o coração falhou”, conta o professor e amigo Henrique Frota.

Ubaldino Pereira, outro constitucionalista, morreu no final de 2013, aos 103 anos, em São Paulo. Com a mesma idade faleceu em Oriente, no interior, o ex-combatente Domingos Simões Mathias, segundo informação da prefeitura. Outro herói de 32, Francisco Vieira Trindade, faleceu aos 102 e foi sepultado em Itapetininga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.