Linhas da CPTM serão interditadas parcialmente para demolição de prédio

Trens irão operar até a Estação Barra Funda nas linhas 7 e 8 após pedido da Prefeitura de São Paulo

estadão.com.br,

06 de janeiro de 2012 | 17h42

SÃO PAULO - As linhas 7-Rubi e 8-Diamante da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) irão operar de forma parcial neste final de semana durante a continuidade da demolição do prédio na favela do Moinho, localizado no bairro de Campos Elíseos, no centro.

Durante o sábado, 7, e o domingo, 8, os trens circularão até a Estação Palmeiras-Barra Funda. Segundo a CPTM, a solicitação de interdição dos trechos entre Barra Funda e Luz, na Linha 7, e entre Barra Funda e Júlio Prestes, na Linha 8, foi feita pela Prefeitura.

A alternativa para os usuários que precisarem acessar a região da estação da Luz é pelo Metrô, na integração gratuita da estação Palmeiras-Barra Funda. A circulação será normalizada no início da operação comercial, às 4h, na segunda-feira, 9.

O edifício foi atingido por um incêndio no dia 22 de dezembro. As chamas prejudicaram as fundações do prédio de seis andares e ameaçar as linhas de trem que passam ao lado. A implosão, realizada no dia 2, deixou o prédio de pé, com dois andares a menos.

Tudo o que sabemos sobre:
demoliçãoCPTMMoinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.