Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Linha Lilás do Metrô tem falha e funciona com velocidade reduzida

Linha 5 apresentou problema no sistema de controle de movimentação de trens às 19h24, o que afeta o serviço entre as estações Brooklin e Capão Redondo. Não há previsão para retomada regular do serviço

O Estado de S.Paulo

02 Março 2018 | 20h17
Atualizado 02 Março 2018 | 23h51

Uma falha no funcionamento da Linha 5-Lilás do Metrô está afetando a circulação normal de trens na noite desta sexta-feira, 2. Usuários relatam que os trens chegaram a ficar parados por mais de 30 minutos nas estações. O Metrô informou às 20 horas que a linha funcionava em velocidade reduzida e maior tempo de parada "em razão de uma falha no sistema de controle de movimentação dos trens" e que o problema se concentrava entre as estações Capão Redondo e Brooklin. A companhia não forneceu a expectativa de tempo para a retomada regular do serviço.

+ Metrô inaugura Estação Eucaliptos na Linha 5-Lilás

A falha começou às 19h24, segundo a assessoria de comunicação do metrô. Nas redes sociais, as reclamações se acumulavam. "Trem da Linha Lilás está parado na estação há mais de 30 minutos, e agora vieram avisar que está temporariamente fora de serviço. Descaso total com usuários", reclamou um jovem. 

A Linha teve uma nova estação inaugurada nesta sexta-feira, 2: a Eucaliptos, que não está entre o Brooklin e o Capão Redondo, e funciona com operação assistida das 10h às 15h. O Metrô não informou quando a estação terá seu horário ampliado, apenas que a ampliação será gradativa até chegar ao funcionamento pleno, das 4h40 à meia noite e com cobrança de tarifa. 

A Linha 1-Azul também passou a operar em velocidade reduzida às 20h36. De acordo com a companhia, foi detectada presença de usuário na via na Estação São Bento, o que afeta a circulação na linha. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.