Linha 7 da CPTM tem funcionamento limitado após atos de vandalismo

Ladrões abandonaram cabos de energização na via após tentativa de furto

Juliane Freitas e Ricardo Valota, estadão.com.br,

02 Novembro 2011 | 11h32

São Paulo, 2 - A linha 7 Rubi da Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM) ainda funciona com limitações após atos de vandalismo que causaram paralisação parcial na circulação de trens na manhã desta quarta-feira, 2. O trajeto entre Pirituba e Jaraguá está sendo feito por uma única via desde as 8h30 desta quarta-feira.

Uma tentativa de furto de cabos de energização causou o transtorno. Ao abortarem a ação, os ladrões deixaram os cabos sobre a linha. Uma composição acabou passando por cima dos cabos, interrompendo a energia elétrica que alimenta os trens.

Os ônibus acionados para fazer o trajeto entre as estações Pirituba e Jaraguá foram suspensos.

Mais conteúdo sobre:
furto trem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.