Lindemberg presta depoimento à Corregedoria da Polícia Civil

Depoimento será feito na Penitenciária II de Tremembé, onde ele está preso pelo sequestro de Eloá

Rita Cirne, estadao.com.br

16 Março 2009 | 12h14

Lindemberg Alves, de 22 anos, presta depoimento nesta segunda-feira, 16, à Corregedoria da Polícia Civil, sobre o sequestro de sua ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos. Lindemberg manteve a jovem refém por mais de 100 horas no apartamento onde ela morava com a família em Santo André, em novembro de 2009. O depoimento será feito na Penitenciária II de Tremembé, no interior de São Paulo, onde ele está preso.

 

Veja também:

 Perguntas e respostas sobre o caso Eloá 

 Todas as notícias sobre o caso Eloá        

 Especial: 100 horas de tragédia no ABC      

 

Eloá foi assassinada por Lindemberg após quase 100 horas de cárcere privado. A melhor amiga de Eloá, Nayara Rodrigues, de 15 anos, também foi feita refém. Ela levou um tiro na boca, mas a bala se instalou em sua arcada dentária, não provocando danos maiores.

Mais conteúdo sobre:
caso Eloá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.