Lindemberg deve ser interrogado na prisão

A Justiça de Santo André determinou que Lindemberg Alves Fernandes, acusado de matar a tiros a ex-namorada Eloá Pimentel, de 15 anos, em outubro de 2008, será interrogado por carta precatória no Fórum de Tremembé, no interior de São Paulo. O objetivo é decidir se o acusado irá a júri popular pelo assassinato da adolescente, que ocorreu depois que Lindemberg manteve a vítima em cárcere privado, no ABC paulista.

, O Estado de S.Paulo

03 de maio de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.