Limpeza poderia baratear o pedágio

O governador Geraldo Alckmin prometeu rever os contratos com as concessionárias com base no equilíbrio econômico-financeiro. Se essa equação, que leva em conta os custos de manutenção da rodovia, estiver favorável à empresa, a tarifa pode ser reduzida. Manter a rodovia limpa tem peso na manutenção, pois envolve mão de obra para a coleta, custo do transporte, transbordo e destinação, além do gasto com campanhas educativas e do risco de acidentes.

, O Estado de S.Paulo

19 Fevereiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.