Liminar suspende construção do Parque 9 de Julho

A Promotoria de Justiça do Meio Ambiente da Capital obteve liminar em ação civil pública movida contra o Estado e o Município, suspendendo a construção do Parque 9 de Julho, que teria três quartos de sua área dentro do corpo d"água da Guarapiranga. O juiz considerou a possibilidade de degradação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.