Líder do furto do BC é preso na zona sul

Acusado pela polícia de ser o líder e mentor do milionário assalto ao Banco Central de Fortaleza, Edésio Batista das Neves Sobrinho, de 32 anos, foi preso ontem na Favela do Buraco Quente, zona sul de São Paulo. O roubo aconteceu em agosto de 2005 e foram levados R$ 165 milhões.

, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2011 | 00h00

Preso em 2008, o bandido havia sido resgatado com nove criminosos em fevereiro deste ano de uma prisão em Itaitinga, a 26 km de Fortaleza. Neves nega que tenha sido o mentor do maior assalto a banco do País, mas admite participação na ação.

No momento da prisão, Neves portava documento falso. "Ele estava montando uma quadrilha que atua com todos os tipos de droga", disse Wagner Giudice, diretor do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc).

Neves é paulistano e estudou até a 5.ª série. Morava no Capão Redondo, também na zona sul, segundo a polícia. "É muito articulado e conhece legislação", afirmou Giudice.

O bandido deverá ser encaminhado para um presídio de segurança máxima.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.