Líder de grupo de falsários é preso no centro de SP

Homem de 39 anos era investigado e tentou fugir ao ser abordado; ele foi atuado por falsificação de moeda

Camila Alves, do estadão.com.br,

16 de setembro de 2008 | 04h02

Um homem foi preso suspeito de ser o líder de uma das principais quadrilhas de falsificadores de dinheiros atuantes no Brasil, no Viaduto Nove de Julho, no centro de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 15. Policiais da Delegacia de Repressão a Estelionato do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) investigavam o falsário. Segundo o delegado Sugui Kendi, o motorista Edy Carlos Neres da Silva, 39 anos, utilizava documentos em nome de Samuel Carlos dos Santos. Durante a abordagem, o acusado tentou fugir e agrediu os policiais, mas acabou contido e preso. Silva foi autuado por uso de documento falso, crime do qual apresenta passagem anterior, e falsificação de moeda.

Tudo o que sabemos sobre:
falsificaçãoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.