Licença parada no Condephaat atrasa obra em 9 meses

Neste ano, 62 pedidos de autorização para reforma já foram protocolados no Conselho Estadual de Defesa do Patrimônio Histórico (Condephaat). Segundo o decreto que tombou parte do perímetro dos Jardins Europa, América, Paulista e Paulistano, a execução dos projetos depende diretamente da aprovação prévia das solicitações. Mas o trâmite não é fácil nem rápido. Segundo engenheiros e arquitetos que trabalham na região, obter a licença leva cerca de nove meses.

O Estado de S.Paulo

14 Outubro 2012 | 03h05

A presidente do órgão, Fernanda Bandeira de Mello, diz que o prazo varia em função da complexidade do projeto e da qualidade das informações. Segundo ela, a falta de levantamento arbóreo ou apresentação de dados insuficientes, além de propostas de muros que descumprem a resolução, alongam o processo. / A.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.