Liberado trecho da CPTM ao lado do prédio da Favela do Moinho

Bloqueio ocorria desde 22 de dezembro após um incêndio abalar a estrutura do edifício

estadão.com.br,

03 de janeiro de 2012 | 06h48

SÃO PAULO - Foi liberada às 6 horas desta manhã de terça-feira, 3, a circulação das composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) no trecho entre as estações Barra Funda e Luz, na linha 7 (Rubi), e entre as estações Barra Funda e Júlio Prestes, na linha 8 (Diamante).

 

O prefeito Gilberto Kassab esteve no local para acompanhar a liberação. A linha férrea naquela região estava interditada desde 22 de dezembro em razão de um incêndio na Favela do Moinho, que fica ao lado do muro da linha. O trecho foi liberado para limpeza às 23 horas. No último domingo, o prédio, condenado pelo incêndio, foi parcialmente demolido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.