Lentidão em SP permanece abaixo da média

Marginal do Tietê registrava as piores filas de engarrafamento, no sentido da Rodovia Castelo Branco

Elvis Pereira, estadao.com.br

17 Dezembro 2008 | 08h35

O congestionamento em São Paulo mantinha-se abaixo da média às 9 horas desta quarta-feira, 17. No horário, havia 44 km de lentidão, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A Marginal do Tietê registrava as piores filas de engarrafamento, no sentido da Rodovia Castelo Branco, que somavam 7,2 km.   Veja também: Como o trânsito parou SP e números da frota Dossiê Estado: os números do trânsito em SP   Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua     Os traços em vermelho representam trechos congestionados nesta manhã. Fonte: CET.   O Corredor Norte-Sul apresentava morosidade por 3,9 km no sentido do Aeroporto de Congonhas, entre as Praças Campo de Bagatelle e da Bandeira. Na Radial Leste, o motorista enfrentava trânsito ruim por 1,6 km no sentido Centro, a partir da estação de Metrô Belém. A Ligação Leste-Oeste estava congestionada por 1,6 km no sentido Lapa, entre as Avenidas 23 de Maio e Alcântara Machado.   Acidente   Um caminhão com um contêiner tombou sobre um carro no Viaduto Grande São Paulo, no Ipiranga, zona sul da capital. Segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém se feriu. Com o acidente, foram interditadas duas das quatro faixas do viaduto no sentido Vila Prudente e fechada a alça de acesso da Rua das Juntas Provisórias para o viaduto.   Foto: Felipe Araújo/AE Duas faixas do viaduto no sentido Vila Prudente a alça de acesso às Juntas Provisórias foram fechadas   Às 8h27, o bloqueio colaborava para o congestionamento de 1,4 km formado nas Juntas Provisórias do Viaduto Grande São Paulo até a Rua do Grito. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) organizou um desvio pelo Viaduto Gazeta do Ipiranga, Avenida do Estado, Viaduto Capitão Pacheco e Chaves e Viaduto Indianópolis.

Mais conteúdo sobre:
trânsitoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.