Leitura automatizada de passaportes com chip será testada em Brasília neste ano

TECNOLOGIA

, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2010 | 00h00

O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, confirmou ontem que até o fim do ano será testado no Aeroporto Internacional de Brasília o novo sistema de guichês automatizados de controle migratório, a exemplo do que já é feito na União Europeia.

Ao mesmo tempo, o Ministério da Justiça começará a instalar, no segundo semestre, a leitura de passaportes por meio de microprocessadores (chips) na contracapa do documento. Isso permitirá a leitura dos dados do passageiro sem interferência de operadores, tornando o trânsito nos aeroportos mais rápido e seguro. Hoje, os chips são usados só nos passaportes oficiais e diplomáticos. Como o Estado adiantou, passaportes comuns com chip começarão a ser emitidos em dezembro pela Polícia Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.