Lei do alvará para eventos não é votada

Em 2007, logo após a conclusão da CPI aberta na Câmara Municipal para apurar as responsabilidades pelas três mortes e pelos 41 feridos durante uma tarde de autógrafos do grupo mexicano RBD no estacionamento do Shopping Fiesta, foi criado um projeto de lei com regras para a concessão do alvará para eventos com lotação superior a cem pessoas. A proposta, aprovada em primeira discussão em novembro de 2010, segue sem previsão de ser votada.

O Estado de S.Paulo

01 Janeiro 2013 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.