Lei de SP permite renomear ruas com homenagem a políticos

Moradores podem recusar referência a autoridades com histórico de desrespeito aos Direitos Humanos

Diego Zanchetta e Caio do Valle, Estadão

24 de abril de 2013 | 22h27

Uma lei sancionada nesta quarta-feira pelo prefeito Fernando Haddad (PT) permite que moradores solicitem a mudança de nome de ruas que prestam homenagem a autoridades e políticos com histórico de desrespeito aos Direitos Humanos. Segundo os autores, os vereadores Orlando Silva e Jamil Murad, ambos do PCdoB, um exemplo é a rua Sérgio Fleury, na Vila Leopoldina.

Moradores também poderão fazer abaixo-assinado para pedir renomear vias públicas batizadas em referência a lideranças do regime militar. Neste semestre, a Câmara também deve aprovar um projeto de lei do vereador Nabil Bonduki (PT) que proíbe qualquer nomeação de rua com nomes de autoridades que participaram da ditadura militar.

Tudo o que sabemos sobre:
LeiSão PauloNomes de ruas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.