Lei de SP permite renomear ruas com homenagem a políticos

Moradores podem recusar referência a autoridades com histórico de desrespeito aos Direitos Humanos

Diego Zanchetta e Caio do Valle, Estadão

24 Abril 2013 | 22h27

Uma lei sancionada nesta quarta-feira pelo prefeito Fernando Haddad (PT) permite que moradores solicitem a mudança de nome de ruas que prestam homenagem a autoridades e políticos com histórico de desrespeito aos Direitos Humanos. Segundo os autores, os vereadores Orlando Silva e Jamil Murad, ambos do PCdoB, um exemplo é a rua Sérgio Fleury, na Vila Leopoldina.

Moradores também poderão fazer abaixo-assinado para pedir renomear vias públicas batizadas em referência a lideranças do regime militar. Neste semestre, a Câmara também deve aprovar um projeto de lei do vereador Nabil Bonduki (PT) que proíbe qualquer nomeação de rua com nomes de autoridades que participaram da ditadura militar.

Mais conteúdo sobre:
Lei São Paulo Nomes de ruas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.