Latrocínios crescem 55% na cidade de SP em abril

Foram 14 casos, ante 9 no mesmo mês do ano passado; em todo o Estado, crescimento foi de 9%

Bruno Ribeiro - O Estado de S. Paulo ,

24 de maio de 2013 | 13h23

Texto corrigido às 14h50.

SÃO PAULO - Os casos de latrocínio (roubo seguido de morte) cresceram 55% em abril deste ano na capital paulista, em relação ao mesmo mês do ano passado – foram 14 registros, ante 9. No Estado, o total em abril foi de 36 latrocínios, ante 33 no mesmo período de 2012, um aumento de 9%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 24, pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Já os casos de homicídios dolosos registraram queda de 7,7% na cidade de São Paulo: foram 103 em abril de 2012 e 95 no mês passado. No Estado, a queda foi de 4,2%  – de 379 para 363 ocorrências.

Os roubos registraram aumento no mês passado, segundo balanço do governo do Estado. Na capital paulista, a alta foi de 8,2%, com mais de 10,3 mil registros. Em abril de 2012, foram 9.600 casos. Em todo o Estado, os casos de roubo cresceram 4,6% – saltaram de 20,4 mil casos em abril de 2012 para 21,3 mil registros no último mês. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.