Lanchonetes lideram ranking de multas da lei antifumo em SP

Estabelecimentos levaram 51 das 288 autuações dadas no Estado; bares e restaurantes vêm logo atrás na lista

Solange Spigliatti, Central de Notícias

09 de outubro de 2009 | 15h22

Ao longo dos últimos dois meses, desde que a lei antifumo entrou em vigor em São Paulo, as lanchonetes foram os estabelecimentos mais multados, segundo levantamento da Secretaria Estadual de Saúde feito entre 7 de agosto e 5 de outubro. Das 288 autuações feitas no Estado, 51 foram aplicadas em lanchonetes. Em segundo lugar aparecem os bares, com 46 autuações, seguidos pelos restaurantes, com 39 multas.

 

Veja também:

especial Tudo sobre a lei que proíbe o cigarro em SP

 

Em todo o Estado, foram realizadas 72.431 fiscalizações pelos agentes da Vigilância Sanitária e do Procon. Foram aplicadas 288 multas, com um índice de cumprimento de 99,6%. Na capital, foram feitas 22.493 visitas, e aplicadas 145 multas. No interior, foram 49.938 fiscalizações e 143 multas aplicadas. A ação também resultou em multas a sete hotéis, 93 no comércio em geral, em quatro clubes e 15 padarias.

Tudo o que sabemos sobre:
lei antifumocigarro banidocigarro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.