Clayton de Souza/AE - 28/02/2009
Clayton de Souza/AE - 28/02/2009

Lago da Aclimação começa a ser recuperado

Primeira fase tem 60 dias para avaliar profundidade e sedimentos no reservatório

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

25 Maio 2009 | 09h58

A primeira fase da recuperação do Lago da Aclimação, na zona sul de São Paulo, começa nesta segunda-feira, 25. Em um prazo de 60 dias, a Companhia de Saneamento Básico do Estado (Sabesp) deverá avaliar a profundidade e os sedimentos presentes no leito. Em seguida, será definida a metodologia para a dragagem, limpeza e recuperação ambiental. Em fevereiro, o rompimento de um sistema hidráulico esvaziou completamente o lago, que já está no seu nível normal.

 

Veja também:

link Moradores queriam limpeza antes de enchimento

 

Também participam da recuperação as secretarias municipais do Verde e do Meio Ambiente e de Infraestrutura Urbana e Obras. A licitação para a contratação da empresa que realizará as obras civis nas galerias pluviais foi publicada no último dia 16.

 

Acidente

 

O sistema hidráulico que regula o nível de água do lago rompeu no dia 23 de fevereiro, drenando mais de 78 mil litros de água para o Rio Tamanduateí. Em cerca de 50 minutos o lago ficou completamente vazio, causando a morte de muitos peixes e aves e deixando visível o lodaçal e a sujeira após o escoamento.

 

A lama contaminada - o lago recebeu esgoto até 2007 - chegou a invadir ruas vizinhas ao parque e cerca de 40 aves aquáticas foram levadas para o Parque do Ibirapuera. Um relatório da Prefeitura divulgado em 2006 já apontava a necessidade de obras. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.