Ladrões levam dálmata que pode ficar cego

Um filhote de dálmata foi furtado no fim de semana por dois ladrões em uma clínica de Bauru, no interior. Além de Dudu, que tem 3 meses e está doente, bandidos levaram roupas, remédios e celular. "Tive prejuízo de R$ 800, mas minha preocupação é com o filhote, que foi operado dos dois olhos para não ficar cego. Precisa limpar de hora em hora e pingar colírio a cada 4h", avisa a veterinária Eliana Ribeiro, dona da clínica, que iniciou peregrinação para achar o dálmata do cliente e admite oferecer recompensa.

O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2012 | 03h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.