REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO

Ladrões fazem arrastão e roubam alunos da Unesp

Polícia foi chamada, mas não conseguiu capturar os bandidos; estudantes reclamam da insegurança nas imediações do câmpus

RENÉ MOREIRA, ESPECIAL PARA O ESTADO

30 de outubro de 2015 | 21h56

Assaltantes invadiram uma lanchonete na frente do câmpus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Franca, na madrugada desta sexta-feira, 30, e fizeram uma arrastão, levando dinheiro, documentos e celulares de funcionários e mais de 20 clientes - a maioria universitários.

A polícia foi chamada, mas não conseguiu capturar os bandidos. De acordo com as vítimas, eram dois assaltantes, mas um ficou na entrada em uma moto aguardando o parceiro, que invadiu a lanchonete armado e dominou todo mundo. Depois de recolher objetos das vítimas, o criminoso atirou. A bala acertou a porta da cozinha do lugar, no Jardim Petraglia.

Os estudantes que estavam ali participavam de uma confraternização. Eles contaram que os ladrões estavam de capacete e não conseguiram anotar a placa da motocicleta.

Câmeras de segurança registraram o assalto. Nas imagens é mostrado o desespero dos estudantes, que se amontoaram nos fundos do local. Quase todas as vítimas foram à delegacia registrar a ocorrência.

Estudantes da Unesp reclamam da insegurança nas imediações do câmpus. Eles afirmam que a região é escura e tem muitos terrenos vazios. Recentemente, disseram os alunos, um colega foi roubado por dois homens armados e ficou sem a mochila com tudo o que carregava, incluindo, notebook, apostilas e cadernos. Ninguém foi preso.

A Polícia Militar informou ter intensificado o patrulhamento na região da universidade. Ela ainda orientou os alunos do câmpus a tomar alguns cuidados, como andar em grupo.

Tudo o que sabemos sobre:
UnespViolênciaFranca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.