Filipe Araujo/AE
Filipe Araujo/AE

Ladrões criam removedor para tinta rosa dos caixas

As quadrilhas investigadas por roubo de caixas eletrônicos descobriram como limpar as cédulas manchadas por tinta rosa no momento da explosão dos equipamentos. Policiais do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) encontraram ontem, em uma casa na zona leste, um filtro de barro com dezenas de notas mergulhadas em uma substância que remove marcas de tinta.

Cristiane Bomfim, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2011 | 00h00

A ação fez parte da Operação Caixa-preta, que já prendeu 31 pessoas envolvidas no roubo de terminais bancários, entre as quais quatro policiais militares - outros cinco PMs haviam sido presos na capital e no interior. Só ontem, cinco homens foram presos. Todos têm passagem pela polícia por roubo. Foram apreendidos também drogas, pistolas, munições e três carros.

"O antídoto para limpar as cédulas foi a grande surpresa. Não imaginávamos que os bandidos seriam tão rápidos", disse o delegado e diretor do Deic, Nelson Silveira Guimarães. O líquido será encaminhado para perícia no Instituto de Criminalística. "Nem chegamos a contar as notas para não atrapalhar o laudo."

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) não quis pronunciar-se. A Tecban, empresa que administra caixas da Rede 24 Horas, diz que as tintas usadas para manchar as notas "foram testadas, não apresentando possibilidade de lavagem" e não teve acesso ao material apreendido para análise.

PRESTE ATENÇÃO

Recuse cédula com mancha

1. Verifique o estado de conservação das cédulas de real recebidas. E recuse notas suspeitas ou manchadas.

2. Se já estiver com uma cédula na mão, apresente-a ao banco, que deverá fazer registro com CPF, documento de identificação com foto e endereço. Haverá ressarcimento apenas se for verificado que a nota é marcada por dispositivo antifurto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.