Ladrões assaltam carro-forte sem disparar tiros em SP

Assaltantes fogem levando malotes contendo dinheiro e armas dos funcionários da empresa e de um vigilante

Oswaldo Faustino, do estadao.com.br,

03 de dezembro de 2007 | 18h00

Cerca de 10 homens fortemente armados dominaram, por volta das 12 horas desta segunda-feira, 3, os seguranças de um carro-forte da empresa Protege. O veículo de transporte de valores tinha acabado de chegar à agência Granja Julieta, da Caixa Econômica Federal, na Av. Santo Amaro, zona sul da capital.   Sem disparar um único tiro, os assaltantes fugiram levando malotes contendo R$ 197 mil em jóias e R$ 151.650,00 em dinheiro, e as armas tanto dos funcionários da Protege quanto de um vigilante da agência bancária. A atividades da agência foram encerradas às 12h30 e ela só será reaberta na terça.   Policiais militares e civis foram mobilizados. Helicópteros das duas polícias sobrevoaram durante toda a tarde a região na tentativa de localizar os veículos em que os criminosos fugiram. Até as 18 horas, nenhum deles foi capturado.   Matéria ampliada às 18h53

Tudo o que sabemos sobre:
AssaltoCarro-forte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.