Ladrão rouba casa no Tucuruvi e é morto pela Força Tática

SÃO PAULO - Um ladrão foi morto por policias da Força Tática após assaltar uma residência no Tucuruvi, zona norte da capital, na noite de terça-feira, 24. Ele fugiu com três comparsas no veículo do morador, mas foi perseguido pela Avenida Cel. Sezefredo Fagundes e bateu em um poste. Segundo a polícia, houve troca de tiros. Os outros ladrões conseguiram escapar.

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

25 de agosto de 2010 | 07h06

 

A quadrilha aproveitou a chegada da vítima, um administrador de 32 anos que voltava do trabalho, para rendê-lo e entrar na casa às 20h30. Eles dominaram a irmã e a mãe do rapaz e mantiveram os três sob a mira de um revólver durante a ação, que durou aproximadamente dez minutos. "Levaram R$ 1 mil, televisão e outros objetos. Eles estavam com muita pressa", contou o rapaz.

 

Na fuga, a quadrilha roubou o Golf vermelho da vítima e seguiu pela Avenida Cel. Sezefredo Fagundes, sentido Horto Florestal. Dois quilômetros adiante, foram interceptados por uma viatura da Força Tática, bateram no poste e saíram correndo.

 

"Fizemos uma varredura nas residências, com auxílio dos moradores, e encontramos um dos ladrões no quintal de uma das casas", contou o sargento Campanhola. "Ele atirou, nós revidamos e o criminoso foi baleado", disse. Marcos Vinicius Santos da Silva, 22 anos, chegou a ser levado ao pronto-socorro do Jaçanã, mas não resistiu e morreu. O resto da quadrilha conseguiu fugir.

 

Segundo a polícia, Marcos Vinicius já havia sido condenado por roubo e era egresso do sistema penitenciário. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38. O crime será investigado pelo 9º Distrito Policial, no Carandiru.

Tudo o que sabemos sobre:
Tucuruviassaltocrime

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.