Ladrão morre após invadir casa, fugir a pé e atirar contra PMs em Guarulhos

Comparsa do bandido morto no suposto confronto escapou; duas armas foram apresentadas na delegacia

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

10 Agosto 2012 | 05h30

SÃO PAULO - Um assalto a residência seguido de um suposto confronto com policiais militares terminou deixou um dos bandidos mortos, por volta das 21 horas de quinta-feira, na região do Parque Continental, em Guarulhos, região leste da Grande São Paulo.

 

O tiroteio envolveu policiais militares da viatura de Força Tática M-15033, do 15º Batalhão, após dois criminosos invadirem uma das casas da Rua José Ademílio Benito, onde um casal foi feito refém e assistiu aos criminosos separarem vários objetos da família.

 

Já dentro do carro das vítimas, os bandidos foram obrigados a desistir de tudo e fugir a pé pois o alarme do veículo disparou. Acionados, policiais militares encontraram os dois assaltantes e com um deles teriam trocado tiros. O outro conseguiu fugir. Já o criminoso baleado morreu quando era atendido no pronto-socorro do Hospital Padre Bento.

 

Apesar do assalto ter ocorrido às 21 horas, os plantonistas do 2º Distrito Policial foram informados sobre o caso somente por volta das 2 horas da madrugada desta sexta-feira. Os policiais militares envolvidos no suposto tiroteio e sob a chefia do sargento Castro entregaram à Polícia Civil dois revólveres calibre 38 como sendo dos bandidos que haviam invadido a casa.

 

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investigará o confronto, registrado pelo delegado Ivan César Alves Pereira, de Guarulhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.