Ladrão furta carro de policial do IML do pátio de delegacia

Veículo foi achado horas depois; delegado diz não ter pistas do criminoso e alega que casos do tipo não são tão incomuns

Artur Rodrigues, O Estado de S. Paulo

24 Abril 2012 | 22h46

SÃO PAULO - Um ladrão furtou o carro de um policial civil nesta terça-feira, 24, dentro do pátio do Instituto Médico-Legal (IML), que fica no mesmo endereço do 91.º Distrito Policial, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo. O veículo, um Santana branco, foi achado horas depois. Mas as algemas, distintivo e um carregador da arma do policial não foram encontrados ainda, segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

O policial, um agente de necropsia de 31 anos, informou que saiu para jantar e, quando voltou, por volta das 20h30, não achou mais o carro. Na área onde o veículo foi furtado também ficam viaturas da polícia.

A Polícia Militar passou a fazer buscas pela região. Acabou achando o Santana na Rua Autas, no Jaguaré, na zona oeste. O delegado titular do 91.º DP, Luís Cláudio Ferretti, afirmou que ainda não há pistas do criminoso. "Não tem nada, a gente não tem câmera de monitoramento na delegacia nem na entrada do IML. Fica até difícil", disse.

Comum. De acordo com o policial, o criminoso aproveitou que durante a noite há menos policiais. O delegado afirma que furtos dentro de delegacias são mais comuns do que se imagina. "A gente que trabalha na polícia sabe de vários casos que aconteceram em delegacias, em órgãos públicos. Isso, para a gente, não é tão absurdo assim."

Mais conteúdo sobre:
ladrão IML delegacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.