Ladrão fingia ser da PF para roubar prédios

A Polícia Civil prendeu ontem o líder de uma quadrilha que simulava ações da Polícia Federal (PF) para assaltar condomínios residenciais no litoral paulista. O homem, um comerciante de 45 anos, foi detido em um apartamento na Vila Mirim, em Praia Grande, por policiais do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic). A polícia apreendeu com ele quatro camisetas da PF, radiocomunicadores, dois revólveres e munição, usados para entrar nos condomínios. O resto do bando está foragido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.