Reprodução
Reprodução

Ladrão devolve carro e deixa bilhete se desculpando

'Peguei este carro porque não tinha dinheiro para vir embora. Obrigado', disse o bandido; furto foi em Mococa, no interior de São Paulo

Rene Moreira, Especial para o Estado

17 Maio 2013 | 02h02

Após ter o seu Fusca furtado no domingo, 12, um eletricista recebeu nesta quarta-feira, 15, a notícia que tanto esperava: o carro havia sido localizado. O que ele certamente não previa é que o ladrão deixasse um bilhete se desculpando pelo crime e agradecendo pelo "empréstimo".

O veículo foi furtado em Mococa, no interior de São Paulo, e encontrado intacto pela Polícia Militar de Pirassununga (SP). No bilhete o ladrão explica o motivo que o levou ao ato: "Infelizmente peguei este carro porque não tinha dinheiro para vir embora. Obrigado". E completou. "Observação: entregue ao dono."

Com ou sem bilhete, o proprietário do carro, Cristiano César Leopoldino, de 20 anos, comemorou ter de volta o veículo. Ele contou que é o primeiro carro de sua vida e que não tem seguro contra furto ou roubo. O rapaz disse que não está com raiva do ladrão, mas que ele "deveria por a mão na consciência pelo que fez".

A alegria do dono, porém, ainda não está completa. Como é preciso passar por pericia para ser liberado, o Fusca será devolvido pela polícia ao proprietário somente na semana que vem. O carro, ano 1975, foi adquirido há apenas dois meses, sendo levado pelo desconhecido no momento em que o jovem estacionou na rua para ir ao cinema.

Mais conteúdo sobre:
bilhete ladrão mococa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.