Ladrão de táxi atropela 4 e se entrega na Marginal do Tietê

Ao avistar uma viatura da PM estacionada, criminoso freou bruscamente, causou engavetamento e relatou os crimes aos policiais

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

16 Março 2012 | 06h43

SÃO PAULO - Policiais militares que preservavam o local onde um corpo foi encontrado, na noite de quinta-feira, 15, tiveram uma surpresa quando um táxi Renault Logan branco freou bruscamente e o motorista desceu, com os braços levantados, gritando, "Eu me entrego, roubei o carro e atropelei duas motos, eu me entrego". O criminoso confesso foi preso. Um dos quatro estudantes atropelados permanece em estado grave, com traumatismo craniano, no Hospital das Clínicas.

 

Rendido, por volta das 22h20, quando manobrava o carro para esperar um cliente na Rua William Speers, na Lapa de Baixo, zona oeste de São Paulo, o taxista Celso Domingues da Silva, de 56, entrou em luta corporal com o ladrão. "Ele chegou pela porta do passageiro gritando 'dá fuga'. Saí do carro, pois achei que tinha visto um objeto em sua mão. Percebi, em seguida, que estava desarmado. Parti para cima, mas ele acelerou e conseguiu fugir", contou Celso.

 

O criminoso seguiu em alta velocidade e, na Avenida Comendador Martinelli, no sentido Freguesia do Ó, atropelou duas motos ocupadas por quatro estudantes que voltavam da faculdade. Socorridos ao Hospital das Clínicas, Hospital Vila Penteado e Hospital Mandaqui, um deles permanece em estado grave.

 

Na Marginal do Tietê, sentido Rodovia Castelo Branco, próximo à Ponte da Anhanguera, policiais militares preservavam o local onde estava um corpo encontrado no Rio Tietê. "O rapaz, ao avistar a viatura com o Giroflex ligado, freou bruscamente o veículo na faixa da esquerda. Outros três carros que seguiam atrás não conseguiram frear e ocorreu um engavetamento", contou o soldado Marcelo Daniel, da 3ª Companhia do 49º Batalhão.

 

O assaltante desceu, com as mãos levantadas, confessando os crimes. Ele estava sem documentos. O caso foi registrado no 33º Distrito Policial (DP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.