Ladrão de notebooks que agia na Marginal Pinheiros é detido

Jovem de 24 anos foi preso com dois laptops, cada um em uma mochila; um deles acabava de ser roubado

Ricardo Valota e Paulo Maciel, estadão.com.br

20 Março 2009 | 03h01

Agentes do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA), da Polícia Civil, prenderam, na noite de quinta-feira, 19, Silvio Jessé de Souza, 24 anos, suspeito de ser integrante de um grupo que vem atacando motoristas na região da Marginal Pinheiros. Os motoristas que carregam notebooks são os alvos preferidos da quadrilha. A prisão foi feita no Jardim Paulistano, zona sul de São Paulo.

 

Antes de ser detido em uma moto, Souza havia rendido um professor de Educação Física em frente ao Clube Hebraica, na Rua Hungria - pista local sentido Castello da Marginal Pinheiros, entre as pontes Cidade Jardim e Eusébio Matoso. A vítima, ao ter o computador roubado, alertou os policiais civis, que faziam ronda na região. Com o assaltante, os investigadores encontraram um segundo notebook, cada um em uma mochila.

 

Segundo a polícia, o outro computador havia sido roubado minutos antes do primeiro ataque, mas a vítima não havia sido encontrada pela polícia até o final da noite. Com o ladrão, que já tinha passagem por roubo e porte ilegal de arma, foi apreendido um revólver calibre 38. O delegado Clemente Calvo Castilhone Júnior afirmou que Souza age com pelo menos outras duas pessoas naquela região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.