Ladrão de carro morre em confronto com a Rota em São Bernardo do Campo

Dois bandidos continuam foragidos; suposto tiroteio foi precedido de acidente na Avenida Maria Servidei Demarchi, a 3 quilômetros do local do roubo.

Pedro da Rocha e Ricardo Valota, do estadão.com.br,

27 Março 2012 | 04h32

SÃO PAULO - Um de três ladrões de carro que atacaram um casal, na noite de segunda-feira, 26, no bairro de Ferrazópolis, região central de São Bernardo do Campo, no ABC, morreu em uma suposta troca de tiros com policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota).

 

O tiroteio ocorreu por volta das 23 horas na altura do nº 2 mil da Avenida Maria Servidei Demarchi, no bairro Demarchi, a três quilômetros do local do roubo, praticado com uso de um revólver, que foi apreendido pela PM. Apenas dois dos bandidos entraram no Fiat Pálio das vítimas, que foram deixadas no local.

 

Já na Avenida Maria Servidei, quando fugiam da viatura da PM, a dupla bateu o Fiat contra um Gol que estava estacionado e era ocupado por uma mulher. Ela ficou ilesa. Marcos Paulo dos Santos Ribas, de aproximadamente 25 anos, teria deixado o carro roubado atirando contra os policiais. Baleado no revide, morreu no pronto-socorro central da cidade. O outro assaltante fugiu a pé.

 

Por se tratar de uma resistência (suposta), o caso foi registrado pelos policiais militares no plantão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.