Ladrão ameaça mulher e é morto na Rebouças

VIOLÊNCIA

, O Estado de S.Paulo

06 de outubro de 2010 | 00h00

Um homem foi morto após roubar o relógio de uma dona de casa de 42 anos na Avenida Rebouças, na zona oeste, ontem à tarde. O atirador se apresentou como policial, segundo a mulher, mas não havia sido localizado até a noite. Ela disse que estava parada no trânsito por volta das 16h10 quando foi abordada pelo assaltante, que queria o relógio e o celular. Antes de entregar o telefone, a vítima avançou com o veículo e viu o assaltante apontar uma arma na sua direção. Antes de atirar, o ladrão foi atingido três vezes pelo suposto policial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.