Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Laboratório clandestino em SP é fechado pela Rota

Denúncia anônima levou a PM até o local onde eram produzidos medicamentos para emagrecer

Ricardo Valota e Daniela do Canto, da Central de Notícias,

09 Junho 2009 | 04h17

No início da noite desta segunda-feira, 8, após uma denúncia anônima, policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) estouraram, na garagem de um prédio localizado na Rua Olga Benário, na Vila Penteado, zona norte de São Paulo, um laboratório clandestino no qual eram produzidos supostos medicamentos para emagrecer.

 

Dois rapazes, ambos maiores de 18 anos, foram detidos no local e afirmaram que recebiam R$ 300,00 por semana do dono do laboratório para realizar o serviço. Foram apreendidos muitos frascos com comprimidos prontos para a distribuição, cerca de 300 mil cápsulas prontas e mais 1,5 milhão de cápsulas vazias que seriam preenchidas com um pó marrom.

 

A dupla foi encaminhada ao 72º Distrito Policial, de Vila Penteado, onde ocorrência foi registrada. Todo o material apreendido será encaminhado aos Instituto de Criminalística da Polícia Civil, para ser periciado.

Mais conteúdo sobre:
laboratório clandestino

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.