Kassab visita hospital e ouve reclamações de pacientes

Há três meses Kassab esteve no hospital do Tatuapé para vistoria e discutiu com mulher sobre camas quebradas

Fabiane Leite, do Estadão,

11 de setembro de 2007 | 13h20

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), visitou na manhã desta terça-feira, 11, o Hospital do Tatuapé, o maior do município, e mais uma vez foi alvo de reclamações de pacientes do local. "Viu Kassab! Tem de melhorar o atendimento! Não tem nem recepcionista!", berrou uma mulher que aguardava ao lado da área de ambulâncias quando o prefeito entrou no hospital pela antiga área do pronto-socorro.     Há três meses Kassab esteve no hospital para outra vistoria e discutiu com uma mulher que reclamava das camas quebradas. Na época a unidade já estava em reforma. Logo em seguida, o prefeito trocou toda a diretoria do hospital. Os trabalhos de reforma continuam e o primeiro local que deverá ser entregue é a área do pronto-socorro, que passou a ser prioridade da administração.   Também todo o atendimento passou a ser informatizado, o que deverá ser estendido para outras unidades da prefeitura, anunciou o prefeito. O ajudante de feira Rubens Toledo, de 53 anos, esperava Kassab na frente da AMA (unidade de Assistência Médica Ambulatorial) instalada no hospital porque não consegue há um mês marcar um teste ergométrico, exame cardiológico pedido para o seu médico para que possa se submeter a uma cirurgia de próstata. "Já vim aqui umas cinqüenta vezes", disse Toledo.     Kassab confirmou a troca de comando na pasta da Saúde - sai Maria Aparecida Orsini e assume o atual secretário de Gestão do município, Januário Montone.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.