Kassab também teve reajuste

Em setembro, a Justiça também considerou ilegal o aumento de salário do prefeito Gilberto Kassab (PSD) e da vice-prefeita Alda Marco Antônio (PMDB). O reajuste, concedido desde fevereiro, alterou os vencimentos do prefeito de R$ 12,3 mil para R$ 20 mil - alta de 63%.

O Estado de S.Paulo

09 de fevereiro de 2012 | 03h04

A juíza Celina Kiyomi Toyoshima, da 4.ª Vara da Fazenda Pública, determinou que o valor recebido a mais fosse devolvido. A Prefeitura recorreu.

Segundo o Município, o reajuste foi dado com base em decreto de 1992. Na época, definia-se que o prefeito poderia receber até 75% dos rendimentos de um deputado estadual. Na decisão, porém, a juíza aceitou os argumentos do promotor Marcelo Daneluzzi. "A vinculação dos subsídios atenta contra o princípio constitucional da autonomia e da competência municipal."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.