Kassab sanciona projeto de lei que permite construir Piritubão

Lei altera o zoneamento de área que é aposta municipal para sediar Exposição Mundial, em 2020

Felipe Frazão, Estado de S.Paulo

10 de janeiro de 2012 | 15h20

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), sancionou nesta terça-feira o projeto de lei que  agora permite a construção do Piritubão, centro de eventos na zona norte de São Paulo. O local é a aposta municipal para sediar a Exposição Mundial, em 2020. A lei altera o zoneamento da área de 5 milhões de metros quadrados para permitir a construção de torres de hotéis, galpões, um centro de convenções e até um shopping center.

Pela lei, a construção pode ser feita parcialmente. Não há restrição de gabarito, nem compromisso de que as melhorias viárias sejam concluídas antes de o espaço funcionar.

“As melhorias viárias podem ficar para depois. O poder público trabalha, seja o municipal, estadual e até o federal se puder contribuir com algo, de maneira independente. Cada ação acontece simultaneamente, em paralelo”, disse Kassab.

O prefeito afirmou que agora a Prefeitura concentrará o trabalho na conclusão do projeto do centro de exposições, que ainda será licitado. O projeto é da Odebrecht e a empresa tem interesse em realizar a obra. Quem desenvolveu foi o escritório de arquitetura alemão GMP.

O Metrô chegou a alterar o traçado da futura Linha 6 - Laranja, para o modal chegar até lá. A estação da CPTM vizinha ao terreno também terá acessos por passarelas ao centro de feiras. Alças devem ser construídas na Rodovia dos Bandeirantes. A Avenida Dr. Felipe Pinel tem de ser refeita. E uma nova via deve ser aberta ao lado da linha de trem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.