Kassab sai em defesa de secretário investigado

O prefeito Gilberto Kassab (PSD) disse ver "com bastante tranquilidade" a situação do secretário especial de Controle Urbano, Orlando Almeida, investigado pelo Ministério Público sob suspeita de receber propina para liberar empreendimentos. "Ele se disponibilizou a ir ao MP. As pessoas e empreendimentos que denunciam não têm qualificação moral." O MP ouvirá funcionários de boates que o acusam.

O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.