Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

Kassab interdita shopping que desabou na zona sul

SP Market ficará fechado até o meio-dia da próxima terça-feira, 24, para avaliações de segurança

Maíra Teixeira, da Central de Notícias,

21 Novembro 2009 | 11h30

O prefeito Gilberto Kassab determinou a interdição total do Shopping SP Market, na Avenida das Nações Unidas, na zona sul de São Paulo, até o meio-dia da próxima terça-feira, 24. Por volta das 15h desta sexta-feira, 20, duas paredes e uma parte do teto de uma expansão do local desabaram deixando 10 feridas.

 

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, Kassab foi ao local nesta amanhã de sábado, junto com o secretário de Controle Urbano, Orlando Almeida, para fazer uma vistoria nas obras. A Prefeitura divulgará uma nota no início desta tarde detalhando outras ações delegadas pelo prefeito.

 

Veja também:

linkNovo desabamento no SP Market deixa ao menos 10 feridos

linkApós acidente, SP Market diz que irá reavaliar construtoras

 

  

 

 

Além da paralisação das obras e interdição do Shopping SP Market, o secretário de Controle Urbano, Orlando Almeida, ressaltou que vários órgãos da Prefeitura já começaram uma vistoria geral no local. Segundo ele, ficou determinado pelo prefeito Gilberto Kassab que o proprietário do centro comercial terá de contratar uma consultoria para apontar em laudo técnico se o teto que permanece no local terá de ser parcial ou inteiramente trocado.

 

"Outra determinação é relativa às várias obras que ocorrem simultaneamente no local. Para continuar com essas obras, o shopping terá também de contratar um gerenciadora de segurança, para determinar quais áreas devem ser totalmente isoladas ou só parcialmente, que lojas continuam abertas", destaca o secretário.

 

Os órgãos responsáveis pela vistoria do local são a Subprefeitura de Santo Amaro, a Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros, a Secretaria de Controle Urbano e o Contru (Departamento de Controle do Uso de Imóveis).

 

O Shopping SP Market divulgou comunicado às 12h31 deste sábado,21, a respeito do fechamento determinado pelo prefeito Gilberto Kassab até a terça-feira, 24. A nota ressalta que "durante esses quatro dias, a administração do shopping - em conjunto com a Prefeitura, a construtora, a gerenciadora da obra, o Corpo de Bombeiros e a polícia técnica - farão as análises da condição de segurança do empreendimento para que o estabelecimento comercial volte às suas atividades normais na quarta-feira." Segundo o shopping, esses procedimentos visam a manutenção da segurança e integridade física de seus clientes, lojistas e funcionários.

 

Obras

 

No dia 24 de outubro, uma obra do shopping SP Market desabou, deixando quatro operários feridos. Ele sofreram escoriações e foram encaminhados a hospitais da região. O local foi interditado pelo Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru) e só foi liberado após um parecer da Polícia Científica.

Mais conteúdo sobre:
Shopping SP Market

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.