Kaká vai a evento onde templo da Renascer desabou em SP

Ao lado de Sônia e Estevam Hernandes, líderes da igreja, jogador lançou a pedra fundamental do novo templo

07 de setembro de 2009 | 13h34

 

Sonia e Estevam Hernandes ao lado de Kaká em templo da Renascer. Foto: Antonio Milena/AE

 

Dispensado da seleção brasileira, Kaká participou do lançamento da pedra fundamental do novo templo da Igreja Renascer nesta segunda-feira, 7. O jogador participou de orações ao lado dos líderes da igreja, o casal Sônia e Estevam Hernandes. No local, será construído o novo templo da igreja. Foi lá que, no dia 18 de janeiro deste ano, o teto do templo desabou e provocou a morte de 9 pessoas.

 

Veja também:

link Em depoimento à polícia, Kaká confirma doação à Renascer

 

Mais de mil fiéis participaram do evento na Rua Lins de Vasconcelos, no Cambuci, na zona sul de São Paulo. O alvará definitivo autorizando a reconstrução da igreja foi aprovado no mês passado. A previsão é que a obra dure cerca de um ano e comece ainda neste mês. O novo templo deve ser parecido com o antigo.

 

Kaká participa de celebração ao lado dos líderes da Igreja Renascer em SP. Foto: Antonio Milena/AE

 

Kaká é um dos fieis mais famosos da Renascer. O jogador casou no templo que desabou, no Cambuci. Em fevereiro de 2008, Kaká doou à Renascer o troféu que recebeu de Melhor Jogador da Fifa, em 2007. A taça ficou exposta exatamente no mesmo local do desabamento, mas não foi atingida. 

 

O casal Hernandes foi preso em janeiro de 2007 no Aeroporto de Miami ao tentar entrar no país com US$ 56.467 escondidos em uma Bíblia, em CDs gospel e em duas bolsas, embora tivessem declarado à alfândega U$ 10 mil cada um. Estevam e Sonia Hernandes voltaram ao Brasil no início de agosto.

 

Depois da cerimônia, Kaká e os líderes da igreja, Estevam e Sônia Hernandes, se dirigiram ao Expo Center Norte para participar do SOS da Vida, que terá a participação de bandas gospel nacionais e internacionais.

 

Os ingressos, que foram vendidos nas igrejas Renascer por R$ 10, também puderam ser comprados na hora do evento, que começou às 13h deste domingo. Segundo a central de informações da Renascer, o último SOS da Vida reuniu cerca de 250 mil pessoas no ano passado. A expectativa para este ano é de superar este número.

Mais conteúdo sobre:
Renascercasal HernandesKaká

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.