Justiça solta sertanejos que furtavam joalherias

Os irmãos e cantores sertanejos Altemir Cândido Barreiros e Altair Lelis Barreiros, da dupla Dudu di Valença e Rodrigo, foram libertados segunda-feira à noite da Penitenciária de Araraquara, no interior paulista. Acusados de furtar ao menos 25 joalherias em seis estados, eles ficaram presos mais de dois meses. Com o pagamento de fiança de R$ 2 mil, a Justiça concedeu liberdade provisória aos cantores. A dupla foi presa no dia 10 de maio passado após furtar uma joalheria em Ibitinga, na região de Bauru (SP).

, O Estado de S.Paulo

13 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.