Justiça reafirma que Mizael vai a júri popular

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou ontem mais um recurso de Mizael Bispo de Souza e Evandro Bezerra Silva, acusados pela morte da advogada Mércia Nakashima, e manteve a decisão de levá-los a júri popular. Não há data para o julgamento. Mizael se entregou em fevereiro e está detido no Presídio Militar Romão Gomes, na capital. O corpo de Mércia, ex-namorada de Mizael, foi achado em uma represa, em 2010.

O Estado de S.Paulo

22 Março 2012 | 03h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.