Justiça proíbe culto em igreja que parou rodovia

A Justiça paulista proibiu a vigília programada pela Igreja Mundial do Poder de Deus para acontecer a partir das 23 horas de ontem, na Avenida Monteiro Lobato, em Guarulhos, e estipulou multa de R$ 100 mil caso o evento ocorresse. Há duas semanas, evento parecido provocou um congestionamento de 8 quilômetros na Rodovia Presidente Dutra e fez com que passageiros que seguiam para o Aeroporto de Cumbica perdessem voos. A estimativa é que o culto tenha atraído 45o mil pessoas, mas a igreja não tinha alvará para eventos desse tamanho, diz a prefeitura de Guarulhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.