Justiça nega ida de Beira-Mar para o Rio

TRÁFICO

, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2010 | 00h00

O Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF-3) negou a transferência de Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, do Presídio Federal de Campo Grande para o Rio. O TRF-3 considerou Beira-Mar de alta periculosidade. Pesou contra ele a descoberta de um plano de fuga que incluía o sequestro do filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.