Justiça nega habeas corpus a motorista

A juíza Maria Tereza Donatti indeferiu anteontem o pedido de habeas corpus feito pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio (Sintraturb) em favor do motorista André Luiz da Silva. Ele dirigia o coletivo da linha 328 que caiu na terça de um viaduto na Avenida Brasil. Para a polícia, a causa do acidente foi a conduta violenta do universitário Rodrigo dos Santos Freire, de 25 anos (estudante de Engenharia da UFRJ), e do motorista. Ambos foram indiciados por homicídio doloso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.