Justiça mantém bloqueio a obra da Calçada da Fama

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou nesta semana recurso do Grupo Biroska para continuação das obras da Calçada da Fama, no centro de São Paulo. O projeto encabeçado pela empresária Lilian Gonçalves na Rua Canuto do Val, em Santa Cecília, está parado há nove meses.

Luísa Alcalde, O Estado de S.Paulo

14 Agosto 2010 | 00h00

O recurso tentava cassar a liminar, de outubro, que paralisou o empreendimento. O alargamento da calçada tomou uma das faixas da rua, de mão única.

Moradores tentam barrar a obra de vez por meio de ação popular. O mérito do processo ainda não foi julgado pela Vara da Fazenda Pública. Em maio, a Justiça incluiu como réus por corresponsabilidade o vereador Paulo Frange (PTB), autor da lei autorizando a obra, e o prefeito Gilberto Kassab (DEM).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.