Justiça manda suspender cobrança de pedágio no Rodoanel

Decisão foi tomada com base em lei que proíbe cobrança de pedágio num raio de 35 km a partir do Marco Zero

Elvis Pereira, estadao.com.br

08 Janeiro 2009 | 17h39

O juiz Rômolo Russo Júnior, da 5ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, determinou a suspensão da cobrança de pedágio no trecho oeste do Rodoanel Mário Covas. A liminar foi expedida nesta quinta-feira, 8. O magistrado tomou a decisão ao analisar uma ação popular na qual alegava-se que o procedimento viola a Lei Estadual 2.481/53, que veta a instalação "de postos de cobrança da taxa de pedágio dentro de um raio de 35 quilômetros, contados do Marco Zero, nesta capital".   Veja também:  Motoristas já pagam pedágio no trecho oeste do Rodoanel  Pedágio no Rodoanel pega motoristas de surpresa  Pedágio no Rodoanel começa com protesto e lentidão   Procurada no fim desta tarde, a concessionária responsável pelo Rodoanel afirmou que ainda não tinha informações sobre a decisão da Justiça. Desde 17 de dezembro do ano passado, a empresa efetua a cobrança em 13 praças espalhadas pelo trecho oeste. O preço é de R$ 1,20 para carros. Caminhões e ônibus pagam R$ 1,20 por eixo. A tarifa é cobrada uma vez a cada viagem, nas saídas da rodovia.

Mais conteúdo sobre:
Rodoanel pedágio Justiça trânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.