Justiça manda PM retirar cem famílias de terreno em Iperó (SP)

A área invadida integra a Fazenda Arizona e fica no entorno da Floresta Nacional de Ipanema, unidade de conservação federal

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

11 de junho de 2014 | 14h02

SOROCABA - A Justiça mandou retirar as famílias de sem-teto que desde a semana passada vêm se instalando em uma área particular invadida, no distrito de George Oetterer, em Iperó, região de Sorocaba. Cerca de cem famílias estão no local.

A juíza Heloisa Helena Nogueira Lucas, da Comarca de Boituva, determinou que o comando da Polícia Militar apoie o cumprimento da desocupação. A decisão, publicada nesta quarta-feira, 11, estabelece que a prefeitura deve fornecer os meios para a retirada dos invasores. 

A área invadida faz parte da Fazenda Arizona e fica no entorno da Floresta Nacional (Flona) de Ipanema, unidade de conservação federal. O proprietário Antonio Richard Stecca Bueno comprovou ser o titular do imóvel desde 1985. Segundo a juíza, os invasores trouxeram máquinas motoniveladoras, abriram ruas e demarcaram lotes no terreno, ocupando o local indevidamente.

Ela lembrou que bairros vizinhos, como o de Campos Vileta, tiveram origem em invasões, causando a ocupação desordenada do solo, em uma situação até hoje não solucionada. O comando da PM informou que aguarda o contato do oficial de Justiça para preparar a operação de apoio à retirada dos invasores.

Tudo o que sabemos sobre:
Sem-tetoFazenda Arizona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.