Justiça manda desligar radares na Rio-Santos

A partir de hoje, 44 radares eletrônicos na Rodovia Rio-Santos, entre o Rio e Paraty, terão de ser desligados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit). A decisão, em caráter liminar, é da Vara Federal de Angra dos Reis, em ação popular movida por empresários do setor de turismo e moradores da Costa Verde. O grupo questiona a baixa velocidade adotada como limite.

O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.